Multa por Ultrapassagem em Faixa Contínua: Tudo O Que Você Precisa Saber

Trafegar em rodovias com frequência nos faz experimentar e viver experiências de diversos tipos: às vezes prazerosas, às vezes estressantes. Quem nunca ficou atrás de um caminhão na estrada, não é mesmo?

É nessas horas que testamos nossas habilidades de ultrapassagem, que é um movimento que precisa ser feito com toda a segurança possível para garantir a integridade física de todos os envolvidos na estrada.

Porém, muitas vezes, seja por pressa ou por desatenção, o motorista pode cometer uma infração muito perigosa: a ultrapassagem em faixa contínua. 

Esse tipo de ultrapassagem é extremamente perigosa e pode colocar vidas em risco, caso aconteça um acidente ou colisão de veículos.

Você sabe a razão de existir as faixas contínuas? Sabe qual a gravidade dessa infração ou a multa que o motorista precisa pagar? Além disso, sabe como procurar ajuda e entrar com recurso contra a infração?

Neste artigo, vamos responder a todas essas perguntas e deixá-lo por dentro de tudo que você precisa saber a respeito da ultrapassagem em faixa contínua.

Confira abaixo na íntegra e boa leitura!

Qual é a finalidade das faixas contínuas nas rodovias?

Talvez possa parecer que elas não têm nenhum objetivo lógico e que estão apenas colocadas de forma aleatória, mas não.

A faixa contínua, assim como a faixa pontilhada, tem uma lógica por trás, que é para indicar um lugar seguro ou não para ultrapassagem de veículos.

Logo, ela indica que o motorista que deseja ultrapassar não tem a visão completa da outra via e que isso pode acarretar em uma colisão com outro veículo vindo em sentido oposto ao seu.

Por exemplo: em todas as curvas é possível ver que as faixas são contínuas, pois não é possível identificar se há veículos trafegando no sentido oposto ou não.

Colisões com carros em sentidos opostos costumam causar impactos gigantescos e podem facilmente ter vítimas fatais, devido à intensidade da colisão.

Já as faixas pontilhadas indicam que o motorista tem total visão da via de sentido oposto e que é possível identificar se é seguro ou não fazer a manobra de ultrapassagem, sempre verificando se há ou não veículos indo no sentido oposto ao seu.

Qual é a multa e penalidade por ultrapassagem em faixa contínua?

A ultrapassagem em faixa contínua é extremamente perigosa, pode colocar a vida de pessoas em risco e, assim como todo movimento perigoso no trânsito, é passível de multa e as penalidades devidas a ela.

Como o grau de periculosidade dessa infração é muito alto, ela é uma infração gravíssima, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O que isso indica na prática? Indica que o motorista infrator terá 7 pontos adicionados à sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além da multa.

As multas por infrações gravíssimas são, normalmente, de R$293,47, porém, no caso da ultrapassagem em faixa contínua, esse valor é alterado pelo fator multiplicador de 5x, ficando no valor de R$1.467,35.

Além da multa e pontos na CNH do motorista, é possível que o condutor tenha a Carteira suspensa em alguns casos: quando há duas faixas na rodovia e ambas são contínuas. Nesses casos, se houver ultrapassagem, haverá a suspensão.

Como recorrer de multa por ultrapassar em faixa contínua?

É importante lembrar que sempre é possível recorrer multas: esse é um direito de todo e qualquer condutor, resguardado pelo CTB.

Sendo assim, existem algumas formas de entrar com recurso pelas infrações e você precisa estar ciente de cada uma delas para garantir que tenha o recurso deferido. Vamos a elas?

Defesa prévia

Essa é a primeira etapa dos pedidos de recurso, porém, ela não é necessariamente obrigatória.

A defesa prévia é quase como um “pré-recurso” que tem o mesmo efeito de um recurso normal, porém não é tão burocrático quanto, sendo bastante prático, na realidade.

Nesse caso, o motorista entra com o pedido de defesa prévia juntamente com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Mas, atenção! Esteja atento aos prazos: o motorista precisa entrar com o pedido de recurso até 30 dias após a emissão da autuação. Caso ele perca, precisará entrar com recurso em primeira instância.

Primeira instância

Caso o motorista tenha perdido o prazo da defesa prévia ou simplesmente tenha optado por não realizá-la, ele pode realizar o pedido de recurso em primeira instância.

Esse pedido é feito junto com a Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI), que tem o prazo de até 30 dias para dar o deferimento do pedido ou não.

Caso haja o indeferimento, o motorista ainda pode optar pela segunda instância.

Segunda instância

Essa é a última oportunidade do motorista de conseguir recorrer. Nesse caso, o motorista deve entrar com recurso diretamente com o Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN).

E aí, tirou todas as suas dúvidas sobre a multa por ultrapassagem em faixa contínua?

de Doutor Multas https://ift.tt/rlvb1au
via Doutor Multas

Leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Create your website with WordPress.com
Get started
%d bloggers like this: